VANTAGENS DO TRABALHO REMOTO e DESAFIOS DE UMA EQUIPE QUE TRABALHA DE FORMA REMOTA

VANTAGENS DO TRABALHO REMOTO e DESAFIOS DE UMA EQUIPE QUE TRABALHA DE FORMA REMOTA

 

VANTAGENS DO TRABALHO REMOTO

Implantar o trabalho remoto pode trazer diminuição de custos e bons resultados financeiros para a empresa. De acordo com pesquisadores de Harvard, o trabalho remoto aumenta a produtividade dos seus colaboradores!

Inclusive, deixar as pessoas trabalharem em casa ou no local que desejarem, com mais autonomia e liberdade para escolher seus horários, melhora a qualidade de vida delas, o que faz com que se sintam mais felizes e produzam mais.

As vantagens também se aplicam a quem lidera a equipe. Além de contar com um time mais produtivo, o gestor da equipe não terá que despender tempo averiguando e analisando se os integrantes do time realmente estão fazendo as suas respectivas tarefas, pois em regra acaba havendo mais autonomia.

Além disso, empresas com times remotos economizam em itens como água, energia elétrica, utensílios para a companhia e, principalmente, com benefícios como auxílio-transporte e vale-alimentação, por exemplo.

Inclusive, ter uma empresa que trabalha totalmente dessa maneira pode gerar uma redução de despesa significativa, por não demandar equipamentos e aluguel de um estabelecimento comercial.

DESAFIOS DE UMA EQUIPE QUE TRABALHA DE FORMA REMOTA

Apesar das vantagens econômicas e aquelas comprovadas por meio de pesquisas, há que pontuar determinados desafios que uma pessoa que trabalha e gerencia uma equipe remota pode enfrentar. Confira alguns deles.

1. FALTA DE COMUNICAÇÃO

O primeiro deles, e talvez o mais grave, é a falta de comunicação. O fato de estar longe da equipe muitas vezes ocasiona uma comunicação precária dos trabalhos, processos e metas que devem ser atingidas.

Essa falta de diálogo pode acontecer principalmente por falta de gestão adequada, o que dificulta muito o trabalho dos demais integrantes, que não têm clareza do que devem ou não fazer.

2. FALTA DE COMPROMISSO

Muitas pessoas ainda não tiveram a experiência de trabalhar em casa. Logo, quando passam a trabalhar de forma remota, podem acabar não compreendendo a dinâmica e deixam de organizar o tempo apropriadamente.

A falta de compromisso dos funcionários com a empresa pode acontecer em uma equipe remota. Você pode perceber que isso está acontecendo quando as tarefas solicitadas não são entregues ou são enviadas com atraso com frequência.

3.  DIFERENÇAS CULTURAIS E BARREIRAS GEOGRÁFICAS

Se você trabalha com pessoas de outros países, sabe que diferenças culturais sempre vão existir. No entanto, não precisa ter uma equipe internacional para saber que elas interferem na interação entre os membros. O próprio Brasil tem uma vasta extensão territorial e cada região é única, com culturas peculiares.

Assim, pode ser difícil lidar com a diversidade. Um exemplo que pode ser mencionado ocorre em relação a feriados e datas comemorativas. Por exemplo, há regiões em que determinados feriados são prolongados, o que pode fazer com que os colaboradores dessas localidades tenham menor produtividade em alguns períodos do ano.

Além das diferenças culturais, as barreiras geográficas, como o fuso horário, podem ser um obstáculo, para a comunicação inclusive.

4. TECNOLOGIA OBSOLETA

Às vezes, o que dificulta o trabalho dos colaboradores é a tecnologia fraca ou programas obsoletos. Nesse caso, faz-se necessário aderir às tecnologias mais atuais para melhorar o desempenho geral da equipe.

5. MÁ ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO

Trabalhar em casa e ser um profissional autônomo exige disciplina e gestão do tempo. Desempenhar as atividades no ambiente doméstico é muito difícil, pois existem muitas distrações, afinal o ambiente é dividido com pessoas que estão seguindo suas próprias rotinas